OKOLONFÉ AQUELES QUE VEM AO BLOG VITOR DE UMBARÁ

SEJAM BEM VINDOS AO BLOG



quarta-feira, 13 de maio de 2009

IFÁ O JOGO DE BUZIOS

TUDO SOBRE O CANDOMBLÉ VITOR DE UMBARÁ É OMOJUBÁ MOTUMBÁ MEU PAI

Eu não sei fazer outra coisa a não ser viver pro SANTO MOTUMBÁ MEU PAI ...




Já aqui falámos do óraculo dos Orixás, o jogo de búzios. Hoje vamos começar a perceber um pouco como nos chegam as mensagens dos Orixás através do jogo, e como é basicamente interpretada cada caída. O método mais simples é o jogo com quatro (4) búzios, vamos então começar com esse.

ALAFIA:
Caída de quatro búzios abertos: Significa “SIM”, positivo, confirmação, tudo bem. Não há nenhuma margem de erro ou contrariedade para a pergunta em questão.

ETAWA ou ORUSUN:
Caída de três búzios abertos e um fechados
Significa “TALVEZ”, dúvidas, dificuldades para a realização e concretização, momento de cautela, de conselhos e prudência.

EJI ALAKETO ou MEGE:
Caída de dois búzios abertos e dois búzios fechados: Significa “SIM”, tudo favorável, caminhos desobstruídos, tendências fortes ao sucesso e progresso espiritual. Geralmente, confirma a pergunta anterior.

OKARAN ou TAUAR:
Caída de um búzio aberto e três fechados: Significa “TALVEZ”, negativo, tendências fortes a inimizades, problemas pessoais que interferem atrapalhando a vida material, retrocesso espiritual.No lado positivo, recebimento de notícia.

OYAKU ou AKU:
Caída de quatro búzios fechados: Significa “NÃO”, com força de catástrofe, ruínas, separação, desastres, perdas em todos os sentidos. Geralmente, denota a presença de transformações radicais, como a morte.





COMO FUNCIONA O JOGO DE BUZIOS :




ENTIDADE BÚZIOS

Exú 01 abertos e 15 fechados
Ibeji 02 abertos e 14 fechados
Ogum 03 abertos e 13 fechados
Xangô 04 abertos e 12 fechados
Iemanjá 05 abertos e 11 fechados
Iansã 06 abertos e 10 fechados
Oxóssi 07 abertos e 09 fechados
Oxalá 08 abertos e 08 fechados
Obá 15 abertos e 01 fechados
Oxumaré 14 abertos e 02 fechados
Omulú 13 abertos e 03 fechados
Ossaim 12 abertos e 04 fechados
Logun Edé 11 abertos e 05 fechados
Oxum 10 abertos e 06 fechados
Nanã 09 abertos e 07 fechados
Lance nulo 16 abertos ou fechados





ANTES DE SE JOGAR OU ABRIR O IFÁ DEVE-SE REZAR ....
O BUZIOS DEVEM SER LEVADOS COM AS ERVAS DOS ORIXÁS, CORRESPONDENTES AO ORIXAS SEU.




O JOGO DE BÚZIOS



"O jogo de búzios tem por finalidade identificar nosso Orixá (Ori=Cabeça (física e astral) + Ixá=guardião); ou seja , problemas de plano astral, espiritual, material e suas soluções". O jogo de búzios é uma leitura divinatória e esotérica por excelência, utilizado como consulta, quer seja; para identificar nosso orixá (ori= cabeça + ixá=guardião), que é a mesma figura do anjo de guarda; a situação material, astral e espiritual, principalmente com relação a problemas e dificuldades.
Portanto de uma forma definitiva - ninguém "fala" ao nosso ouvido, nem Exú e tampouco Oxum, os quais tem forte influência sobre o jogo, mas não desta forma, se assim fosse, não seria necessário jogá-los.
A leitura esotérica divinatória está diretamente ligada à Òrúnmìlà, cujos babalorixás, são seus porta-vozes, outras lendas africanas, mostram a ligação do jogo de búzios com Exú, Oxum e Oxalá. No capítulo destinado à Ifá e Odù, consta essa estreita relação entre Exú e Ifá.
O jogo de búzios é exclusivo dos candomblecistas praticantes e reconhecidamente iniciados, fora isso É FARSA, É MENTIRA, É ENGODO.
Os búzios são jogados em número de dezesseis, que correspondem aos dezesseis odús principais, quer sejam: okaran (exú), ejioko (ogum, ibeji), etaogunda (obaluayiê, ogun), iorosun (yemanjá, oya), oxê (oxum), obara (Oxossi, logunedé e xangô), odí (omolu oxosse e oxalá), egionile (oxaguian), ossá (oyá, yewa e yemanjá), ofum (oxalufan), owarim (oyá, oguy e exu), egilexebora (xangô, oba, iroko), egioligibam (nanã), iká (ossain e oxumare), obeogundá (ogun, ewá e obá) e alafia (orixalá, isto é, todos os outros Orixás funfun). Duas formas são as mais utilizadas, sobre a urupema (peneira (totalmente aboolido em ketou)), ou sobre erindilogun (fio de contas), que em alguns casos, nele constam os dezesseis orixás cultuados atualmente no Brasil; igualmente constam desta parafernália: uma otá, uma vela branca, um adjá (espécie de sineta) usado para saudar os orixás, abrir o jogo e convocar o eledá do consulente para que permita uma boa leitura; água; indispensável os fios de Oxalá e Oxum; um côco de ifá; moedas; favas; obi; orobô; um imã; uma fava (semente) especial que represente no jogo o eledá consultado, aforante a isso um preparo do babalorixá, e os orôs (rezas) necessários.
Para uma boa leitura de búzios, três situações são fundamentais:1) Conhecimento e aprendizado.2) Autorização, através de ritual próprio, o qual é ministrado por sacerdote responsável, tendo o iniciado passado por completo, com seriedade e merecimento, seu período de iniciação, que são no mínimo 7 anos.3) Seriedade do consultor e do consulente.
Esses são pré-requisitos básicos para uma leitura honesta e imparcial.
Muito importante, quem "responde" no jogo de búzios é o orixá do consulente, ele é quem determina a formação dos búzios para serem analisados, é uma espécie de permissão, do orixá, para que a situação do seu filho seja exposta.
A forma de jogo mais usual, é a da leitura por odú, feita pela quantidade de búzios "abertos" ou "fechados", em que o babalorixá, deverá efetuar várias jogadas para uma leitura mais completa, em alguns jogos, cada queda corresponde a um único odú-orixá.
O porque e para que se consultam os búzios ? Pelo mesmo princípio que se vai ao médico, só vai quem está doente ou para uma avaliação de rotina, da mesma forma, que só toma remédio quem está doente, só se deve fazer algo, se houver alguma necessidade.
O futuro - é grande questão dos consulentes, no jogo de búzios, pode-se fazer "perguntas", cujas respostas não são detalhadas, mas de uma maneira geral é sim ou não, provável e se não fosse assim não haveria babalorixá pobre neste mundo, o futuro a Deus pertence, esta é uma frase sábia que alguém com muita propriedade disse um dia. O futuro depende muito dos nossos atos presentes, o exercício do nosso livre arbítrio é constante, nada está definitivamente marcado ou decidido, a partir do instante que exercemos nossa vontade, podemos modificar a todo instante nosso futuro; exemplos simples: se alguém fica doente e acha que é o destino, vai morrer, mas, se procurar um médico, vai se curar; o futuro foi alterado; assim alguém que perca seu emprego, se ficar em casa, vai passar fome, se sair e procurar um emprego, terá grande chance de conseguir e novamente alterar seu futuro; e assim com tudo na vida; uma grande questão é que muitas pessoas acham que seu orixá, anjo da guarda ou Deus, tem saber de tudo, das suas necessidades, dos seus problemas e simplesmente resolvê-los, antes assim fosse, porém, mais uma vez é necessário que o nosso livre arbítrio e o nosso querer, tem que ser constante em nosso dia a dia. Não podemos esperar que as pessoas "adivinhem" ou saibam o que estamos querendo ou precisando, se não falarmos, se não nos comunicarmos, é evidente que se tem uma forma de fazê-lo, sempre podemos dizer o que pensamos e precisamos, mas de uma forma correta, não agressiva, coerente. Sempre temos duas chances em cada situação que nos apresenta, o de sim e o de não, se tentarmos, porém se não tentarmos, só resta o não. O jogo de búzios, costumo dizer que é uma ciência exata, sabe-se ou não, não cabe meio termo, quem sabe, talvez, ou a leitura é a expressão de uma realidade presente ou não, a forma de checar se um jogo está correto, começa pela identificação do orixá, a cada orixá corresponde um estereotipo de caráter e personalidade ao seu "filho", que ao lhe relatar não pode errar ou fugir das suas principais características, que o babalorixá checa com o consulente, se tudo corresponde, as demais situações do jogo também estarão corretas. Porém se observe, que um leitor de jogo de búzios necessariamente tem que conhecer sobre as características que os orixás imprimem aos seus "filhos" características estas, que em alguns casos para o mesmo orixá, tem variantes, pela sua qualidade apresentada, ou ainda, difere determinadas características, se o "filho" for do sexo masculino ou feminino, há que se reconhecer uma situação um pouco complexa, e não poderia ser de outra forma, com todas essas variantes é um jogo prostituído, isto é, usado de forma inescrupulosa, leviana, por pessoas totalmente estranhas ao processo, pelos ignorantes que se julgam conhecê-lo. Com relação ainda à esta situação, é muito comum alguns iniciados ou até mesmo sacerdotes, que não se preocuparam muito com o aperfeiçoamento, estudo mais detalhado, prática exaustiva, incorrem num erro, de conhecer uma pessoa de determinado orixá, e classificar suas características como definitivas para aquele orixá, e sempre que ver alguém com aquelas características, achar que aquela pessoa, também será daquele orixá, generalizando para sempre todos estes casos e situações; o erro: esta pessoa que conheceram, pode estar com o orixá errado, pois quem lhe atribuiu este orixá, não era competente, este é um fato muitíssimo comum.
É uma forma de leitura divinatória, que não massifica, isto é, uma situação vale para muitos, como no caso do horóscopo, mas usada de forma individual, como exemplo, o caso de gêmeos, dois ou mais, nascem no mesmo dia, e no entanto, caráter e personalidade em muitos casos, totalmente diversos.

As Características dos 16 Odùs do Jogo de Búzios.


1 - OKANRAN
. Fecundação: Olorun fez o homem, que era a sua imagem, chamado ISELE, que vivia só e pediu-lhe uma companheira. Olorun, então, chamou Esu para ajudar, no que fosse possível, a ISELE. Esú, porém, não aceitou as determinações e desobedeceu, insubordinadamente as ordens de Olorun, este, então, ordenou a Esú que viesse para a terra. Por sua vez Esú saiu provocando revoltas. Da desobediência e insubordinação foi parido OKARAN.
Sexo: Feminino
Elemento: Ar/Fogo
Cor: Roxo. Vermelho, Preto, Branco, Azul Índigo
Metal: Ferro
Regência Corpórea: Língua, garganta, voz(ele é líder através da voz) e respiração ofegante
Doenças: Equizemas, dermatoses, furúnculos, problemas odontológicos (infecções)
Ewo: Bagre, couve, pegar em caixão com cadáver, sapatos furados e abóboras
Símbolo gráfico: Perfil de 2 rostos
Síntese:"Com a desgraça dos infelizes se constrói o império dos poderosos".
"Quem tudo quer tudo perde"

2 - EJI-OKO
Fecundação: Eji-oko foi fecundado através da união dos Odu Ose e Eji-onile
Sexo: Feminino
Elemento: Ar/Terra
Cor: Vermelho e Preto (em todas as nuances)
Metal: Ferro e Prata
Regência Corpórea: Pênis, testículos, duração de ereção, estômago(ulcera)
Doenças: Gastrite, estomatite, impotência sexual, inchaço, doença venérea. todas as doenças estomacais.
Ewo: Cor roxa, miúdos de porco e boi, pimenta de qualquer espécie, ficar perto de pessoas doentes, carne de porco
Símbolo gráfico: Útero com feto ou um búzio
Síntese: "Em boca calada não entra mosca"

3 - ETA-OGUNDA
Fecundação: Através do peixe, pano branco e areia de praia,
Sexo: Masculino
Elemento: Fogo
Cor: Branco, Azul e Preto (todas as nuances)
Metal: Ferro
Regência Corpórea: Pênis, testículos, estômago e braços
Doenças: Gastrite, ulcera, azia, gastrite, pulmão (infecção), faringite, amidalite, sinusite, inflamações ósseas, escoriações (por acidente), fratura dos membros superiores e inferiores.
Ewo: galinha d'angola(comer) arma de fogo(próxima), porta de botequim, aguidar(no colo), carregar coisas na cabeça, parque de diversões (para alguns omo)
Símbolo gráfico: Mão direita, empunhando um punhal, do qual descem gotas de sangue.
Síntese: "Todos os galos que hoje cantam, ainda ontem eram ovos"

4 - IOROSUN
Fecundação: Olorun chamou, mais uma ISELE e o mandou raspar osun(pó) e colocar num brejo. Da fecundação de Irosun nasceu Nanã, representada por 7 braços(Nanã Ibain).
Sexo: Feminino
Elemento: Fogo
Cor: Vermelho (em todas as nuances)
Metal: Cobre e Prata
Regência Corpórea: olhos, artérias(sistema circulatório), vesícula, parte dos intestinos, costas.
Doenças: pele, equizemas, anemia, leucemia, fraturas superiores (aproximadamente até os 36 anos).
Ewo: pé na lama ou poça d'água, água de lavagem de estabelecimento, sentar, imediatamente após outra pessoa levantar do lugar, romã, usar roupas que já foram usadas por outra pessoa.
Símbolo gráfico: forma espiralada
Síntese: "Aquele que fala irrefletidamente assemelha-0se ao caçador que dispara sem apontar"

5 - OSE
Fecundação: A fecundação de Ose foi através de cinco espelhos, redondos, um pedaço de pano branco, um pedaço de pano amarelo, na beira de um rio.
Sexo: Masculino
Elemento: Terra/Água
Cor: amarelo e branco são as principais. O preto, roxo e o cinza não se usa para nada, em relação a este Odu, porém usa-se as demais cores.
Metal: Ouro e latão amarelo
Regência Corpórea: ossos, articulações e cartilagens
Doenças: glaucoma, catarata, astigmatismo, artrite, reumatismo, osteoporose, acidente(deixando marcas na face), problemas dentários, fluxo menstrual excessivo ou escasso, problemas no baixo ventre, problemas no parto, pode gerar mongolóide, gula (trazendo intoxicação)
Ewo: quebrar osso, putrefação, charcos, lodaçais, pântano objetos de marfim, caveira de animais sacrificados, chifre de veado, galinha d'angola(para algumas pessoas) troca-se por galo, sal grosso(para algumas pessoas)
Símbolo gráfico: Uma lua crescente ou um osso com tutano
Síntese: "Nem tudo que reluz é ouro"
"Quem espera por sapatos de defuntos, a vida toda andará descalço"

6 - OBARA
Fecundação: Foi gerado de um bloco de ouro. Suas arestas representam a riqueza. Obará fez a fecundação com Eji-Lasebora. De Obará veio Ajé e de Lasebora veio Araiun, que não toma a cabeça de ninguém, porém gerou 12 qualidades de Sango e todos os Orisas.
Sexo: Masculino
Elemento: Ar/Água
Cor: Salmon e Azul (em todas as tonalidades)
Metal: Ouro, Ouro branco e platina
Regência Corpórea: rins e aparelho urinário
Doenças: infecção urinária, parto, dores fortes, de cabeça, circulação sanguínea. depressão, testículos.
Ewo: emprestar dinheiro, roupa usada por outrem, contato com miséria, dar esmola, jogo de carteado, gente bêbada
Símbolo gráfico: Uma corda, vertical, de 6 metros de comprimento, com 6 nós
Síntese: " Quem come e guarda, tem mesa duas vezes"
"Da mentira nasce a verdade"
"a natureza deu-nos duas orelhas e uma só boca, para nos advertir que se impões mais ouvir do que falar"

7 - ODI
Fecundação: Água, farofa, níquel e prata fecundaram Odi, este enamorou-se por Eta-Ogunda e nasceu Iemonja e Osoguyan. Odi pariu Osumare e Eta-Ogunda gerou Yemonja e Anibein e destes nasceram Ogun Torininan e Agbalaju (Ogunja)
Sexo: Feminino
Elemento: Terra
Cor: Preto e todo quadriculado que tenha o fundo preto
Metal: Estanho
Regência Corpórea: nádegas, pele
Doenças: Todas de pele, Aids, nas nádegas, câncer de pele
Ewo: dar e vestir roupas usadas para e de outra pessoa, roupas remendadas, travesseiro usado por outra pessoa, tecidos berrantes
Símbolo gráfico: Nádegas
Síntese: " Quanto maior o coqueiro, maior o tombo"
" A alma não tem segredos que a conduta não revele" (Esse é lindo)

8 - EJI-ONILE
Fecundação: Isele levou ao alto de uma montanha, um quadrúpede e o ofereceu em holocausto, surgindo então Eji-Onile que gerou Kinaman.
Sexo: Masculino
Elemento: Água
Cor: Branco
Metal: Chumbo
Regência Corpórea: sistema respiratório, coluna vertebral, artéria (sem o sangue)
Doenças: Cólicas (gerais)
Ewo: carne seca, maxixe, taioba, inhame
Símbolo gráfico: Um círculo vazio
Síntese: " O afobado come cru e passa mal"
" Quem quer tudo o que vê, não vê o que quer"

9 - OSA
Fecundação: Foi fecundado através da união da papoula vermelha com pano vermelho. Este Odu gerou Oya.
Sexo: Feminino
Elemento: Terra
Cor: Vermelho, branco e azul
Metal: Prata e Cobre
Regência Corpórea: todos os órgãos, principalmente as vísceras, olhos, as fossas nasais, os lábios, as coxas, as pernas e os pés, genitália feminina
Doenças: paralisia, estrabismo, alguns tipos de câncer
Ewo: visitar ou estar com mulher grávida, velhos
Símbolo gráfico: Lua minguante com um rosto saindo dela
Síntese: "Quem espera sempre alcança"

10 - OFUN
Fecundação: Olorun ordenou a Isele que raspasse efun e misturasse com o orvalho e a neblina, fecundando dessa forma Ofun. Ofun gerou Osala e Oduduwa
Sexo: Feminino
Elemento: Fogo
Cor: Branco
Metal: Chumbo e estanho
Regência Corpórea: pernas, joelho, barriga, umbigo
Doenças: inchaço nas pernas, pulmonares, sangue grosso, sudorese, esclerose, artrose, colesterol alto, diabetes mielites
Ewo: pano preto, vermelho, azeite de dendê, carvão. galo (qualquer cor)
Símbolo gráfico: Quadrúpede todo branco ou um casal de anciãos
Síntese: " Faça o que digo, mas não faça o que eu faço"

11- OWONRIN
Fecundação: Foi fecundado através do pano preto, vermelho, branco, água, mel e cachaça, numa encruzilhada de quatro pontas.
Sexo: Feminino
Elemento: Fogo
Cor: todas as cores sempre em número de seis
Metal: Ferro e cobre
Regência Corpórea: mãos, pés, articulações
Doenças: cólicas menstruais, leucemia, envenenamento (causando morte)
Ewo: roupa em tecido xadrez, peixe "vermelho", escada de madeira (subir), coco, peixe "corvina"
Símbolo gráfico: Três triângulos superpostos
Síntese: " Devagar se vai ao longe"

12 - EJI-LASEBORA
Fecundação: Sua fecundação deu-se através de raios e trovões
Sexo: Masculino
Elemento: Ar e fogo
Cor: Cobre, Grená, Dourado e Branco
Metal: Cobre
Regência Corpórea: rins
Doenças: renais, hipertensão, alcoolismo, dores de cabeça forte, problemas mentais, provocados por pancada na cabeça
Ewo: cor vermelha (para alguns), louça quebrada, pepino, molho de pimenta, batata inglesa (pegar), gema de ovo(para alguns), magnólia (flor)
Símbolo gráfico: Uma fogueira, com 12 dormentes ou 12 quiabos, formando uma coroa
Síntese: " Quem come o mel sozinho, faz doer seu estômago"

13 - EJI-OLOGBON
Fecundação: Sua fecundação se deu com a união de água de mangue, terra e barro.
Sexo: Feminino
Elemento: Terra e Água
Cor: Preto
Metal: Ferro (em pó)
Regência Corpórea: ossos (juntas), cartilagens, unhas, cabelos.
Doenças: dores, generalizadas, pelo corpo, artrite, artrose, reumatismo, dores na coluna.
Ewo: lixo, por muito tempo, em casa, lama de mangue, assobios, cemitério
Símbolo gráfico: Um círculo negro
Síntese: " Chifres em cabeça de burro"

14 - IKA-ORI
Fecundação: Este Odu foi fecundado pela serpente encantada - OKÁ- , para destruir Isele
Sexo: Masculino
Elemento: Terra e Água
Cor: Toas as cores, preferência pelo preto, vermelho e azul
Metal: Cobre, ferro e latão misturados
Regência Corpórea: Vértebras(movimentos, olhos, atua também sobre os seguintes casos: cirurgia geral, gravidez, provocando aborto
Doenças: buco-faciais, glaucoma, catarata, gengiva, coluna, nevralgias
Ewo: mata escura, gato dentro de casa, cachorro, cabra
Símbolo gráfico: Uma serpente
Síntese: " Em terra de sapo, de cócoras com ele"

15- OGBE-OGUNDA
Fecundação: Sua fecundação deu-se através da união de akasa brancos e amarelos, próximo a uma jazida de ferro. Aí, então, foi gerado o primeiro Ogun.
Sexo: Feminino
Elemento: Terra (negra ou avermelhada)
Cor: Terracota, vermelho caboclo e marrom avermelhado
Metal: Prata e Ferro
Regência Corpórea: pernas, olhos, tórax, lábios e orelha
Doenças: Glaucoma, catarata, vitiligo, estrabismo, qualquer doença torácica
Ewo: animal de pelo escuro (em casa), faca para sacrifício (usar), pássaros engaiolados
Símbolo gráfico: Uma hiena
Síntese: " Devagar e sempre"

16 -ALÁFIA
Fecundação: Sua fecundação deu-se pela união do algodão, Efum, níquel e estanho
Sexo: Feminino
Elemento: Terra e Ar
Cor: Branca, principalmente e também azul e vermelho
Metal: Marfim (embora não seja metal é o principal representante), chumbo e estanho
Regência Corpórea: Todo corpo humano
Doenças: toda e qualquer doença
Ewo: Não há, porque convive com tudo que existe na vida
Símbolo gráfico: Um círculo, vazio, representando o mundo espiritual, dentro deste um quadrado que representa o mundo material.
Síntese: " Na escola da vida, não se tira férias"







3 comentários:

  1. bem legal gostei muiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito

    ResponderExcluir
  2. ameii agora seii quem é os orixas de verdade.

    ResponderExcluir